musicas.mus.br

Letras de mĂșsicas - letra de mĂșsica - letra da mĂșsica - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - MIL RAZĂ?ES - REALIDADE CRUEL - mĂșsica e letra

Utilize o abecedĂĄrio abaixo para abrir as pĂĄginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Mil RazÔes letra


Mil razÔes pra ser desse jeito puro veneno,
Estilo pesado, prosseiro afiado, perfil do suspeito
Pelo amor de Cristo aqui estou de volta com Ăłdio nas corda vocĂĄlica,
Demoro, Sim senhor na mĂŁo o punhal veja sĂł, o gladiador
Que corre sem medo, sem dó, só pelo certo né só com quem é,
Só com os primeiros, visto os verdadeiros guerreiros de fé.
Ser o ultimo da fila não é pra mim o sistema é traiçoeiro e me ensinou assim:
Que humildade de mais e simplicidade nem sempre sĂŁo as chaves
Que abrem a porta da felicidade.
Mil razÔes, temente ai Rei do universos, aquele que possui a abertura do Céu e inferno, meu, quantos vi de joelho implorar com lagrima no olhar pra policia não atirar, EM VÃO, na selva louco onde o inimigo tem rabo e chifre
Que te oferece suĂ­te com piscina em alfaville,
Sociedade com a cĂșpula do DENARC, com juiz que abre as grades,
alvarĂĄ pra liberdade, dentro...
Um jaguar, um civic pro filho, uma BM pra mulher prata conversĂ­vel
Ouro, estatus em poder em fraçÔes de segundos, contas na Suíça
MansÔes em Acapulco. Ouviu de mil, quem viu? Sabe que eu tenho milhÔes
De motivos pessoais, reais razÔes, SIM;
Olhe ao seu redor e perceba, quantos de nĂłs sĂŁo capa da revista VEJA,
Da ISTO É, da SUPERINTERESSANTE, de terno e diamante com negócios
Em Miami. Me diz, QUEM É O REFÉM NESSA TERRA DE CIFRÕES???
Aham... MIL RAZÕES!!!

RefrĂŁo: Me perdoe mas hoje em vim pra cantar o sangue derramado,
O tiro de HK, infelizmente Ă© assim
Me perdoe mas hoje em vim pra cantar o sangue derramado,
O tiro de HK Ă© triste pra mim...

Não quis ser do jeito que o mundão queria que eu fosse: submisso, covarde, Judas, Doce. NÃO, o poder paralelo me mostrou que é olho por olho e dente por dente, moro?
De portĂĄtil, M4 soldado do morro
Pelo trĂĄfico a paz Ă© sĂł um sonho.
Pelos muleques que cansaram de se humilhar no PĂŁo - de - AçĂșcar:
Tia me da um trocado, Tia me ajuda.
É triste e lamentĂĄvel narrar pra vocĂȘ, a faca na garganta e os tiros de pt
No crĂąnio da filha do empresĂĄrio que hoje chora, do que adiantou o corolla,
Cobertura da hora?
É foda, Ă©, e eu vejo na tv a luta infinita pra acaba com o PCC
Mil razÔes, dariam pra chorar, o sistema fede.
NĂŁo manda o Beira Mar pra cĂĄ, os governos pedem.
Louco, louco pelo Ăłdio outra morte, HUUUMM,
Ou talves outro casal Rischtofen, outro,
De GĂȘnesis ao fim Apocalipse,
A trilha do inferno, narrada em versos o crime
O que vocĂȘ acha que cĂȘ pensou que ia ser?
Brinca no Hoopie-Harry, a carceragem do DP
Depois de estraçalhar com um fuzil belga um carro forte
Sem dĂł, 4 mortes em busca dos malotes,
Parceiro, qual o sonho de consumo da favela?
Ter um OMEGA, UM VECTRA, uma casa em ILHA BELA, entĂŁo, diferente dos herdeiros da famĂ­lia SCARPA, dos burguĂȘs de limusine no markson de plaza.
ME DIZ, QUEM É O REFÉM NESSA TERRA DE CIFRÕES?
MIL RAZÕES!!!!

RefrĂŁo: Me perdoe mas hoje em vim pra cantar o sangue derramado,
O tiro de HK, infelizmente Ă© assim
Me perdoe mas hoje em vim pra cantar o sangue derramado,
O tiro de HK Ă© triste pra mim...(2x)

Realidade Cruel - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br