musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - BANDOLLEIROS - REALIDADE CRUEL - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Bandolleiros letra


Carros à postos,capuz no jeito,armamentos em punga
Novamente a quadrilha na rua
Rádios interceptadores, sem telespectadores
("É quente")
Monitorando a frequência da pm, desde sempre
Somos uma família em prol do progresso
O lema é simples primeiro a morte do que réu confesso
Ai daquele que na troca não sacar, não soltar
As castanha pra cima dos verme quando encostar
Os piloto bom são magnífico, escolhido à dedo
Tudo bandido conhecedor do barato sem medo
Desde cedo a mãe da gente fala 'diga com quem andas
Que eu direi qual será tuas andanças', vai vendo!
A minha rápida ficou para os meus parça
Desde 18 atracando em penitenciárias
Com ódio no sangue, o crime na mente
Pra muitos indiferente...como é que você se sente

O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)
O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)

Destino é certo, joalheria do centro
No farol entregando panfleto tá o olheiro
Na boutique feminina de importados na frente
Socialmente vestida lado a lado, a gerente que deu a fita
Através de um caso com um dos funcionários
Miliano de loja conhecedor dos alarme acionado
Coitado, nem sabia que tava no esquema
Deu a planta e tudo mas sem sequer sonhar com a cena
Mulher é foda né, faz o que quer do homem
Quando quer faz o mesmo até mudar de nome
E o time foi chegando...dois cabrito
Duas cabrita, nove homens e um plano
Entrar catar dinheiro, joia e mais nada
Pra quem bancar o herói já pode chamar a funerária
Clássica ação, tudo programado, uma cota
Pra família e pros comparsas que estão trancados

O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)
O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)

Foi de cinema na capital de são paulo, itaim
Basculante travando o trânsito conforme o croqui
Semáforo em pane após o cabo de aço na rede
Arremessado por um de nós que já tava no pente
Lá dentro limpando o cofre, prateleira e vitrine
Lá fora os pirriu rendido como se fosse num filme
Sacando das arma e pondo no chão
Nessas hora o terno preto não vale nada cuzão
Na mira dos fura é nós comandando a rua
Com sangue no zói...hé
E se brotar viatura de ré vai voltar, hé
Eu tô aqui pra ganhar...se for pra perder
A minha morte já pode chamar
De repente alguém grita

(Calma espera, não atira, tá com celular
Mas não ta chamando a polícia, ela tá grávida
E a bolsa estourou com o susto
Pelo amor de Deus
Não te atira diverso do fundo... do coração)

Mas foi em vão o pedido, nego é sangue frio
Acostumado com o risco pensou

(Já imaginou eu na cadeira de roda, condenado
Á lei dos trinta por ter trocado com a rota
Não, não!) hum e a merda tava feita
Gritaria, pânico, choro numa tarde de sexta
Tristeza... já to vendo a mídia atuando
Assaltantes inescrupulosos mata aos prantos
Jovem grávida de cinco meses universitária
De licença maternidade da loja afastada
Se despedindo das amigas na hora do crime
E mais 2 segurança infelizmente tentando o revide
Foda né...nem eu imagina
Que ia ser tão rápida a chegada do águia
Um caos no trânsito com nossos bode nas pista
A fita dominada e nós em fuga rasgando avenida
Vejam só, chagamos no mocó
Tudo planejado, executado, sucesso, b.ó
Até hoje eu não sei quem que trairou
Tanta polícia encostando com ódio e terror
Muito tiro poucas ideia todo mundo à mil
Eles jogando de.40 e nós de fuzil
Somos nove e eles são cinquenta
Atirador sniper com muita experiência
Os malandro aqui fala não tenho nada a perder
Tô na vida de graça e o que vir pode ser lucro!
Mas não importa, só sei que lá de fora
A tropa é carnívora e cheira sangue e pólvora
Se é pro céu ou pro inferno é só Deus quem sabe
Lamentável irmão mas não vai ter milagre
Final da história é a mesma cê conhece
Uma par de ladrão morto lembrado em letra de rap

O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)
O pulso pulsa a tensão
O clima é tenso de brinquedo na mão
Quem vai ser o herói ou vilão (bandoleiro)

Realidade Cruel - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br